Embargo chinês a frango dos EUA favorece exportação mineira

O embargo imposto pela China às importações de carne e ovos dos Estados Unidos por tempo indeterminado pode favorecer os produtores mineiros. A China é a maior consumidora de carne de frango do mundo e a suspensão das compras de produtos dos EUA foi decidida após a confirmação, por parte do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), de casos de gripe do frango em três estados americanos: Washington, Califórnia e Oregon. Além da China, mais de 20 países, incluindo Coreia do Sul e a África do Sul, também já adotaram restrições à importação de aves de alguns estados dos EUA ou de todo o país. A China é responsável por 15% do consumo total de frango no mundo e, com o embargo, parte desta demanda poderá ser suprida por produtores mineiros.

O embargo imposto pela China às importações de carne e ovos dos Estados Unidos por tempo indeterminado pode favorecer os produtores mineiros. A China é a maior consumidora de carne de frango do mundo e a suspensão das compras de produtos dos EUA foi decidida após a confirmação, por parte do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), de casos de gripe do frango em três estados americanos: Washington, Califórnia e Oregon. Além da China, mais de 20 países, incluindo Coreia do Sul e a África do Sul, também já adotaram restrições à importação de aves de alguns estados dos EUA ou de todo o país. A China é responsável por 15% do consumo total de frango no mundo e, com o embargo, parte desta demanda poderá ser suprida por produtores mineiros.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e o segundo maior produtor. Os EUA ocupam o segundo lugar em exportação. Segundo o superintende de Políticas e Economia Agrícola da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), João Ricardo Albanez, os avicultores mineiros devem ser beneficiados com o embargo chinês: “Temos um produto de qualidade e condições de aumentar a produção sem que isso impacte no mercado interno. Das 3,8 milhões de toneladas de frango exportadas pelo Brasil em 2014, 10,5%, 0,4 milhões de toneladas, saíram de Minas.” Minas é o sétimo maior estado produtor de produtos avícolas no Brasil.

As exportações dos agronegócios movimentaram no Brasil, em 2014, US$ 96,7 bilhões, sendo que as exportações de frango representaram 7,5%, num total de US$ 7,4 bilhões. Deste total, Minas Gerais respondeu por 8,37% das exportações em agronegócios, ou US$ 8,1 bilhões. A avicultura mineira representa 3,8% deste volume, somando US$ 311 milhões. A China representou no ano passado 0,3% do total de frango exportado pelo estado, ou cerca de US$ 3,2 milhões. As principais regiões produtoras de frango em Minas são Triângulo Mineiro, Centro-oeste e Zona da Mata. O embargo chinês aos produtos avícolas dos EUA abre, agora, espaço para que os produtores mineiros se consolidem no mercado interno do país asiático.

Ranking Avicultura

Mundo: 10,9 milhões de toneladas

1 º lugar - Brasil - 35%

2º lugar - EUA - 30,6%

3º lugar- União Europeia (28 países) - 10,1%

4º lugar - Tailândia - 5,2%

5º lugar - China 4,2%

Produção frango no Brasil (2013)

1 º lugar - PR - 29,35%

2º lugar - SC - 24,07 %

3º lugar- RS - 18,28%

4º lugar - SP- 6,33%

5º lugar - MT - 9,5%

6º lugar - Goiás - 5,58%

7º lugar - Minas Gerais - 4,78%

Mercado externo Mineiro

1 º lugar - Arábia Saudita - 26,5%

2º lugar - Emirados Árabes - 15,1%

3º lugar- Iêmen - 8,2%

4º lugar - Catar - 4,5%

5º lugar - Kuait 4,1%

Para 56 outros países - 41, 6%.

Agência Minas
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/embargo-chines-a-frango-dos-eua-favorece-exportacao-mineira/

Voltar