Início do mês possibilitou alta da carne bovina com osso

Em São Paulo a referência para o boi gordo ficou em R$ 143,50/@, à vista (5/2). As ofertas de compra, no entanto, oscilaram entre R$ 140,00/@ e R$ 145,00/@, nas mesmas condições.

Em São Paulo a referência para o boi gordo ficou em R$ 143,50/@, à vista (5/2). As ofertas de compra, no entanto, oscilaram entre R$ 140,00/@ e R$ 145,00/@, nas mesmas condições.

Os valores mais baixos são ofertados por frigoríficos com escalas um pouco mais confortáveis, porém, nestas condições, os negócios travam.

A oferta reduzida de animais terminados não tem permitido quedas expressivas dos preços.

Nas demais praças o cenário é semelhante. Em algumas regiões, onde houve melhora do volume de bovinos prontos para o abate, foi possível diminuir os preços.

Na quinta-feira (5/2) houve queda em sete praças, das trinta e uma pesquisadas.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, houve valorização do boi casado de animais castrados. A cotação subiu de R$ 8,00/kg para R$8,40/kg.

A expectativa de vendas melhores neste início de mês deu condição para a indústria impor valorizações na tentativa de recuperar as margens.

Scot Consultoria
Autor: Maisa Modolo Vicentin
https://www.scotconsultoria.com.br/noticias/todas-noticias/38069/inicio-do-mes-possibilitou-alta-da-carne-bovina-com-osso.htm

Voltar