Brasil quer reduzir protecionismo agrícola via OMC

O relançamento da Rodada Doha foi tema de reunião do ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, com o representante permanente do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio, o embaixador Marcos Galvão, nesta segunda-feira (02.03). Em negociação desde 2001, a Rodada Doha visa diminuir barreiras comerciais em todo o mundo, com foco no livre comércio para os países em desenvolvimento.

O relançamento da Rodada Doha foi tema de reunião do ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, com o representante permanente do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio, o embaixador Marcos Galvão, nesta segunda-feira (02.03). Em negociação desde 2001, a Rodada Doha visa diminuir barreiras comerciais em todo o mundo, com foco no livre comércio para os países em desenvolvimento.

“A agricultura ocupa um lugar central nessa negociação, sobretudo para o Brasil, que é um grande exportador agrícola e que tem interesse em reestabelecer um equilíbrio a favor da agricultura. Nós temos que tentar reduzir o protecionismo e criar formas de apoio à agricultura familiar”, apontou o embaixador Marcos Galvão.

Ele lembrou que o “fato de ser competitivo em agricultura e de ter uma imensa capacidade exportadora não nos exime da necessidade de compreender e apoiar programas e políticas que visem fortalecer a agricultura familiar mundial, com todos os benefícios sociais que isso traz”.

Sobre a Rodada Doha, Galvão lembra que “teve momentos em que ela avançou um pouco mais e fases de impasse. Agora, 14 anos depois, estamos vivendo um momento de tentativa de relançamento dessa negociação, com vistas à conclusão de negociações”.

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems
http://agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/brasil-quer-reduzir-protecionismo-agricola-via-omc_213200.html

Voltar