Criador de MS triplica média diária da produtividade de leite

Mato Grosso do Sul tem 24 mil produtores de leite, destes, de acordo com a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), em torno de 15,1 mil produzem aproximadamente 100 litros diários, menos do que o ideal para a sustentabilidade econômica, que seria 300 litros ao dia para a agricultura familiar.

Mato Grosso do Sul tem 24 mil produtores de leite, destes, de acordo com a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), em torno de 15,1 mil produzem aproximadamente 100 litros diários, menos do que o ideal para a sustentabilidade econômica, que seria 300 litros ao dia para a agricultura familiar.

Dentre os que se destacam na produção diária de leite, está o produtor Aristeu Nantes, que tem propriedade no município de Glória de Dourados, onde cria 65 vacas holandesas e retira por dia, em média, 900 litros de leite. O número está acima do que é produzido pela maioria dos criadores em Mato Grosso do Sul. Mas nem sempre foi assim. De acordo com Aristeu, em 1999, quando começou a atividade leiteira, a produção era baixa, o preço desvalorizado e a qualidade comprometida. Hoje, o cenário é bem diferente. “Trabalho com 100% de inseminação artificial, ordenhadeiras e semiconfinamento dos animais. O leite é vendido a granel e entregue resfriado para o laticínio. Com a tecnologia a situação é mais estável”, explica o produtor.

O produtor Aristeu é um dos participantes do 18º Encontro Técnico do Leite, que acontece na terça-feira (02), a partir das 8 horas. Nesta edição, o tema é ‘Tecnologias competitivas para produção de leite’, com objetivo de levar aos produtores sul-mato-grossenses os temas mais emergentes do setor, apresentados por especialistas com palestras relacionadas as alternativas para manejo, mercado, rebanho e criação. Para o produtor é sempre bom saber o que outros produtores estão fazendo. “A troca de experiência é válida e o conhecimento faz diferença na hora de produzir”, ressalta Aristeu.

Entre os temas que serão abordados no Encontro está a ‘Medicina da produção: eficiência na integração das ferramentas de manejo”, com o médico veterinário, Elias Facury, doutor em Ciência Animal pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Encontro Técnico do Leite
A 18ª edição do evento se consolida como o principal do segmento de leite em Mato Grosso do Sul. Os produtores assistirão palestras que abordam temas que vão desde o bem-estar animal à comercialização. A iniciativa é da Famasul em parceria com o Sindicato Rural de Campo Grande e Governo do Estado, por intermédio da Sepaf (Secretaria de Produção e Agricultura Familiar).

O Encontro Técnico do Leite é patrocinado pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa), Banco do Brasil e Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). O evento acontece na terça-feira (2), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, a partir das 08h. Para mais informações, acesse: http://famasul.com.br/encontro-do-leite/

Capital News
Autor: Elizângela Lemes
http://www.capitalnews.com.br/rural/criador-de-ms-triplica-media-diaria-da-produtividade-de-leite/279067

Voltar