Mercado da carne bovina “virou de ponta cabeça”, segundo especialista

O operador da mesa de commodities do Banco Espírito Santo, Leandro Bovo, afirmou que “nos últimos dias o mercado da arroba da carne bovina virou de ponta cabeça”. A afirmação foi dada durante palestra na última quarta-feira (01.07), em Umuarama (PR), durante um dia de campo promovido pela Cocamar sobre integração lavoura, pecuária e floresta (ILPF).

O operador da mesa de commodities do Banco Espírito Santo, Leandro Bovo, afirmou que “nos últimos dias o mercado da arroba da carne bovina virou de ponta cabeça”. A afirmação foi dada durante palestra na última quarta-feira (01.07), em Umuarama (PR), durante um dia de campo promovido pela Cocamar sobre integração lavoura, pecuária e floresta (ILPF).

Leandro Bovo explicou que, de um lado, os preços dos grãos se fortaleceram em decorrência de problemas climáticos em regiões produtoras ao redor do mundo e, de outro, a cotação da arroba caiu”. No curto espaço de uma semana a cotação da carne diminuiu em R$ 10.

PROBLEMAS - Segundo Bovo, no primeiro semestre as boas perspectivas para o setor se mantiveram, mas a reposição de animais continuou cara. “A relação arroba do boi x milho, por exemplo, diminuiu de seis para cinco sacas”, ressaltando que o mercado da carne bovina enfrenta dificuldades, com a indústria frigorífica em situação delicada, o consumo interno retraído e importantes países compradores, como Rússia, Venezuela e outros, passando por problemas econômicos. Tudo isso sem citar o aumento da concorrência das carnes de frango e suína, que são mais baratas. “Não vemos como reverter essa situação no curto prazo”, afirmou, explicando que o bezerro era um subproduto da pecuária e a atividade cresceu com a disponibilidade de bezerros baratos, o que não acontece mais.

GESTÃO DE RISCOS - De acordo com Bovo, o pecuarista da região precisa ser competitivo porque ele está inserido em um segmento onde há muita gente produtiva. “Nesse momento, a gestão de risco é fundamental”, frisando que a pecuária tem que avançar para um modelo empresarial, pois as margens devem continuar estreitas e o setor vai permanecer exposto a um cenário de grande volatilidade.

Cooperativa Agroindustrial - Cocamar
http://www.cocamar.com.br/

Voltar