RS inicia exportações de carne suína para a China

O Rio Grande do Sul deu início, neste mês de agosto, às exportações de carne suína para a China, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). É o primeiro embarque realizado pelo estado desde a abertura do mercado chinês para a suinocultura brasileira, ocorrida em 2011.

O Rio Grande do Sul deu início, neste mês de agosto, às exportações de carne suína para a China, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). É o primeiro embarque realizado pelo estado desde a abertura do mercado chinês para a suinocultura brasileira, ocorrida em 2011.

De acordo com a associação, o primeiro contrato gaúcho de venda para o mercado chinês foi efetivado pela unidade de Santa Rosa da Alibem Alimentos - habilitada em abril do ano passado. Ao todo, 200 toneladas de carne suína foram exportadas.

“Até então, apenas os frigoríficos localizados em Santa Catarina realizavam embarques para a China. Isto aponta para um horizonte positivo, de crescimento para este valioso mercado, o maior do mundo”, destaca Turra. O mercado chinês é o maior consumidor de carne suína e figura entre os três maiores importadores mundiais da proteína.

“Neste primeiro semestre, apenas 306 toneladas haviam sido exportadas para o destino, metade do efetivado no mesmo período de 2014. A partir de agora, acreditamos que os embarques para a China devem apresentar reação”, explica Rui Eduardo Saldanha Vargas, vice-presidente de suínos da ABPA.

ABPA- Associação Brasileira de Proteína Animal
http://abpa-br.com.br/

Voltar