O Brasil Avicultor e Suinocultor é tema de exposição fotográfica em Milão

Uma exibição fotográfica levará para os visitantes de todo o mundo que estarão na Expo Milão 2015, na Itália, recortes da rotina dos trabalhadores e de pequenos avicultores e suinocultores brasileiros, muitos deles descendentes de italianos, que ajudam a alimentar famílias pelo mundo.

Uma exibição fotográfica levará para os visitantes de todo o mundo que estarão na Expo Milão 2015, na Itália, recortes da rotina dos trabalhadores e de pequenos avicultores e suinocultores brasileiros, muitos deles descendentes de italianos, que ajudam a alimentar famílias pelo mundo.

A exposição “a Avicultura e a Suinocultura do Brasil: histórias de quem faz bem”, que será realizada entre os dias 19 e 25 de agosto, é uma iniciativa da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Ela estará no auditório do Pavilhão do Brasil, espaço com 4 mil metros quadrados coordenado pela Apex-Brasil.

Com delicadeza e apego aos traços do campo, as fotografias - feitas em agroindústrias e em pequenas propriedades produtoras de aves e suínos, no Sul do Brasil - mostram o lado humano das atividades econômicas, que estão entre as principais geradoras de emprego e renda no interior do Brasil.

As fotografias fazem parte do livro “A Força da Terra” - de autoria de Eurico Salis e Manoel Petry (fotógrafos gaúchos que atuam no mercado de fotografia publicitária e editorial há mais de 15 anos) – uma obra que reúne dezenas de imagens, capturadas em um trabalho de três meses pelo Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O objetivo da iniciativa, conforme explica o vice-presidente de aves da ABPA, Ricardo Santin, é mostrar personagens desta gigantesca cadeia produtiva, que gera 4,1 milhões de empregos e alimenta pessoas em mais de 150 países.
“Temos histórias de trabalhadores dos frigoríficos e de pequenos produtores que, graças aos seus esforços e à atividade, formaram seus filhos em ótimas faculdades. Outros, transmitiram sua paixão pelo campo para os herdeiros. São histórias humanas que vão muito além do contexto econômico e mostram o papel social da avicultura e da suinocultura”, explica.

Embarcando anualmente 4,1 milhões de toneladas de carne de frango, o Brasil é líder mundial nas exportações do segmento e terceiro maior produtor global, com 12,7 milhões de toneladas produzidas. Em suínos, é o quarto maior produtor (com 3,5 milhões de toneladas) e quarto exportador (com 505 mil toneladas).

Somente para a União Europeia, foram exportadas, no ano passado, 413,9 mil toneladas. Nos seis primeiros meses deste ano, os embarques chegaram a 185,5 mil toneladas.

“Muitos italianos não fazem ideia, mas no centro desta cadeia produtiva que contribui para a manutenção da oferta de proteína animal do país estão dezenas de milhares de famílias originárias de colonos da Itália que chegaram em nosso país nas primeiras décadas do século passado. São pequenos produtores rurais instalados na região do Sul do Brasil, que desenvolveram a capacidade de explorar pequenos espaços e a enorme disciplina e devoção ao trabalho. É isto que queremos mostrar ao público em Milão”, destaca Santin, que também é descendente de italianos.

SOBRE A ABPA - A ABPA é a maior associação de proteína animal do mundo. É a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 130 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 10 bilhões.
Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das três marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: a Brazilian Chicken, Brazilian Egg e Brazilian Pork.

Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos e de carne de frangos e de suínos.
SOBRE A APEX-BRASIL - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.

A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

A Apex-Brasil coordena os esforços de atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o Brasil com foco em setores estratégicos para o desenvolvimento da competitividade das empresas brasileiras e do país.

Agrolink com informações de assessoria
http://agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/o-brasil-avicultor-e-suinocultor-e-tema-de-exposicao-fotografica-em-milao_222216.html

Voltar