Bovinos de MS comprovam impacto da genética na produção e são destaque em evento nacional

De um grupo de 300 animais Puros de Origem (PO) da raça nelore, quatro foram selecionados em Figueirão (MS), para participar de uma das maiores vitrines do desenvolvimento bovino no Brasil, a ExpoGenética 2015. Eles chamam a atenção pelas características originadas pelo cruzamento do touro Influxo Col, com matrizes filhas da vaca Badalada, que geram qualidade e rendimento acima da média praticada no mercado, capazes de atingir peso superior a 300 quilos aos oito meses de idade, o que comprovam a eficiência genética no rebanho. Os animais serão expostos até o dia 23 de agosto, em Uberaba (MG), junto a outros 815 de todas as regiões brasileiras, no evento que é realizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

De um grupo de 300 animais Puros de Origem (PO) da raça nelore, quatro foram selecionados em Figueirão (MS), para participar de uma das maiores vitrines do desenvolvimento bovino no Brasil, a ExpoGenética 2015. Eles chamam a atenção pelas características originadas pelo cruzamento do touro Influxo Col, com matrizes filhas da vaca Badalada, que geram qualidade e rendimento acima da média praticada no mercado, capazes de atingir peso superior a 300 quilos aos oito meses de idade, o que comprovam a eficiência genética no rebanho. Os animais serão expostos até o dia 23 de agosto, em Uberaba (MG), junto a outros 815 de todas as regiões brasileiras, no evento que é realizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

No primeiro ano de idade os quatro garrotes chegam a pesar em média 450 quilos, cada. O peso é equivalente ao de animais prontos para abate. Essa característica que os valoriza significativamente, deve-se ao manejo diferenciado, aliado à genética do Influxo, touro comercializado a preço recorde na Expogenética de 2013 e arrematado pela Fazenda 3R por R$ 180 mil. O reprodutor também embarcou para Minas Gerais, onde será apresentado como caso de sucesso pelo impacto positivo gerado em Mato Grosso do Sul.

Segundo o Programa de Melhoramento Genético Embrapa Geneplus, o touro repassa características essenciais para o avanço produtivo de um plantel. “O Influxo se destaca por transmitir à sua progênie elevado ganho de peso na recria, aliado à precocidade sexual, que pode ser observada na circunferência escrotal de seus descendentes, acima de média da raça. Tudo isso aliado a ótima caracterização racial e conformação frigorífica”, afirma o pesquisador e técnico do Programa Geneplus, Leonardo Nieto.

O objetivo do produtor rural e proprietário da Fazenda 3R, Rubens Catenacci, é multiplicar animais de avaliação comprovada, gerando resultados para a raça nelore. “Quando adquirimos o Influxo, tínhamos a certeza de uma multiplicação eficaz, mas de tão eficiente, passamos a usar Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), e chegamos a inseminar mais de mil vacas neste ano e desmamamos cerca de 600 bezerros e bezerras, com resultados em caracterização racial, peso e desempenho”, destaca o produtor.

Para o administrador da Fazenda 3R, Rogério Rosalin, o diferencial do atual rebanho é a comprovação dos resultados de produção. “Já multiplicamos, potencializamos, atestamos esses números da boa avaliação que o Influxo apresenta, e fomos surpreendidos. Muitos vendem números e avaliações, mas a produção comprovada, são poucos que oferecem. Essa demonstração é que faz o trabalho ser diferenciado”, relata. “Com a busca por animais referência em genética como o Influxo, aliada à genética da Badalada da 3R, matriz excepecional da raça nelore, em breve conseguiremos um acasalamento que vai gerar o reprodutor genuinamente sul-mato-grossense, com a marca 3R”, completa.

De acordo com a avaliação da ABCZ, o touro Influxo apresenta aprumos perfeitos, pelagem firme, estrutura forte, profundidade torácica, costelas compridas e muito arqueadas. Essas características demonstram sua efetividade como reprodutor, que atualmente responde por 75% da padronização do rebanho da Fazenda 3R, agregando ao manejo, à rentabilidade, uniformização e à beleza da produção da propriedade localizada em Figueirão (MS).

Expogenética

A ExpoGenética 2015 terá neste ano a participação de 819 animais. O número de zebuínos inscritos é 44,69% maior do que o volume registrado em 2014. Os animais que são expostos no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG), são oriundos de seis programas de melhoramento genético: PMGZ (364 exemplares), ANCP (304), CRV Lagoa (14), Geneplus – Embrapa (108), Instituto de Zootecnia (11) e PMNGL (18).

Agrolink com informações de assessoria
http://agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/bovinos-de-ms-comprovam-impacto-da-genetica-na-producao-e-sao-destaque-em-evento-nacional_222313.html

Voltar