Em um quinquênio, plantel de galinhas poedeiras aumenta 17%

Os últimos números divulgados pelo IBGE, relativos à produção animal brasileira, apontam que, após breve período de estabilidade no ano passado, o plantel brasileiro de galinhas poedeiras voltou a apresentar crescimento acelerado. O volume apontado para o dia 30 de junho de 2015, perto de 137 milhões de cabeças, ficou 4,5% acima do registrado um ano antes, na mesma data.


Os últimos números divulgados pelo IBGE, relativos à produção animal brasileira, apontam que, após breve período de estabilidade no ano passado, o plantel brasileiro de galinhas poedeiras voltou a apresentar crescimento acelerado. O volume apontado para o dia 30 de junho de 2015, perto de 137 milhões de cabeças, ficou 4,5% acima do registrado um ano antes, na mesma data.

Analisando-se os números trimestrais do IBGE desde 2010 até o final do primeiro semestre de 2015 é possível constatar que nesse espaço de 66 meses (cinco anos e meio) em apenas uma ocasião o plantel experimentou forte retração: no segundo semestre de 2012 e primeiro de 2013.

Tal queda reflete o efeito dos altos custos das matérias-primas naquele período. Porém, como fica claro pelo gráfico abaixo, a redução foi antecedida por uma expansão acima do normal e que, nesses cinco anos e meio, registrou incremento médio de 0,8% por trimestre. Comparativamente ao mesmo período de 2010 o incremento acumulado fica próximo de 17%.

A ressaltar que o quesito “galinhas poedeiras” do IBGE inclui, além das poedeiras de ovos de consumo, também as produtoras de ovos férteis.

Avisite
http://www.avisite.com.br/noticias/index.php?codnoticia=16242

Voltar