Oposição argentina promete fim da intervenção estatal no agronegócio

Um dos principais candidatos da oposição argentina nas eleições presidenciais, Mauricio Macri lançou nesta semana uma de suas 'cartas' mais ousadas na disputa pelo comando do país. O atual prefeito de Buenos Aires prometeu acabar com a política de intervenção do governo no agronegócio – uma jogada que pode significar os votos necessários para entrar de vez na disputa nacional.

Um dos principais candidatos da oposição argentina nas eleições presidenciais, Mauricio Macri lançou nesta semana uma de suas 'cartas' mais ousadas na disputa pelo comando do país. O atual prefeito de Buenos Aires prometeu acabar com a política de intervenção do governo no agronegócio – uma jogada que pode significar os votos necessários para entrar de vez na disputa nacional.

“Vamos aplicar zero retenções (impostos sobre exportações) às economias regionais, zero limitações às exportações. Com regras claras, políticas consistentes e sem amarras nem medidas arbitrárias, através do campo vamos criar mais de um milhão de postos de trabalho em todo o país [...] e um verdadeiro plano de infraestrutura”, prometeu Macri.

Ele participou nesta quarta-feira (14.10) de um protesto do setor rural contra o governo argentino, batizado de “Não matem o Campo”. Realizada em frente ao maior símbolo da Argentina, o Obelisco da Avenida 9 de Julho, a mobilização reuniu os principais representantes das três das maiores entidades do agronegócio do país vizinho.

Macri protagoniza uma disputa acirrada com o ex-situacionista (e autoproclamado “terceira via”) Sergio Massa por uma vaga no segundo turno das eleições presidenciais. As pesquisas apontam o governador da Província de Buenos Aires e preferido da presidente Cristina Kirchner, Daniel Scioli, como o primeiro colocado na corrida pela Casa Rosada no pleito que ocorre no próximo dia 25 de Outubro.

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems
http://agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/oposicao-argentina-promete-fim-da-intervencao-estatal-no-agronegocio_224177.html

Voltar