Tecnologia aliada de suplementação possibilita ganho de peso na pecuária

A tecnologia aliada à suplementação animal na pecuária pode gerar ganhos de até uma arroba (15 quilos) em 90 dias

Mato Grosso, detentor de um rebanho de aproximadamente 29 milhões de cabeças de gado, é visto por empresas de suplementação animal como estado em potencial.

Algumas indústrias, como a DSM Tortuga, revelam que a formulação da suplementação animal é padrão para todos os estados, porém testes são realizados nas unidades federativas para observar os ganhos obtidos em cada uma.

Segundo o vice-presidente da DSM Tortuga no Brasil, o médico veterinário argentino Ariel Maffi, a tecnologia aliada da suplementação pode trazer ganhos ao pecuarista de uma arroba em um período de 90 dias. "Temos produtos que unidos da tecnologia permitem isso ao pecuarista", comentou Maffi em recente visita a Cuiabá e Juara para apresentar as novas tecnologias de suplementação da empresa.

Maffi destaca que a capacitação dos funcionários das propriedades pecuárias é essencial, também, para que se tenha bom resultado.

Questionado quanto a diferenciais entre Mato Grosso e outros estados produtivos no modo de manejo o executivo da DSM Tortuga revela que não há, contudo destaca perceber que em Mato Grosso particularmente se vê um aumento de produtividade. “Hoje, há mais tecnologia para o fazendeiro aumentar essa produtividade. A cada dia vemos em Mato Grosso o crescimento da Integração Lavoura-Pecuária, que permite tais ganhos, além de possibilitar a ocupação de espaços que ficam ociosos nas propriedades”.

Data de Publicação: 19/11/2015 às 07:45hs
Fonte: Agro Olhar
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/tecnologia-aliada-de-suplementacao-possibilita-ganho-de-peso-na-pecuaria-137380

Voltar