Rebanho de confinamento cresceu apenas 5,2% no MT, segundo Imea

De acordo com os dados do 3º levantamento sobre as intenções de confinamento do Estado de Mato Grosso, o rebanho confinado em 2015 cresceu apenas 5,2% em relação a 2014, totalizando 669,89 mil cabeças.

As regiões médio-norte, sudeste e oeste continuam sendo as principais, somando juntas 62,6% de todo o rebanho confinado do Estado.

Apesar do leve crescimento, o volume de animais fechados em 2015 ficou bem abaixo do projetado no início do ano pelos produtores, quando as intenções chegaram a 789,66 mil cabeças. O cenário altista da arroba do boi naquela época era o principal fator motivador para tamanho crescimento, porém a elevação dos custos com a compra da reposição e dos insumos freou o ímpeto dos confinadores. Isso pode ser explicado pelo encurtamento da margem que, na média deste segundo semestre, deve fechar em apenas R$ 4,66/cabeça, enquanto no ano passado a média foi de R$ 269,87/cabeça.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea clicando aqui
http://www.imea.com.br/upload/publicacoes/arquivos/2015_11_13_BSBoi.pdf

Data de Publicação: 19/11/2015 às 16:30hs
Fonte: Imea
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/rebanho-de-confinamento-cresceu-apenas-52-no-mt-segundo-imea-137407

Voltar