Pecuaristas dos Campos Gerais apostam na raça Pardo Suíço

A raça Holandesa é destaque nesta região. Mas, agora, outra raça também tem chamado atenção dos pecuaristas. É o Pardo Suíço.

A raça Holandesa é destaque nesta região. Mas, agora, outra raça também tem chamado atenção dos pecuaristas. É o Pardo Suíço.

Na propriedade do Korstiaan Bronkhorst, em Arapoti, mais da metade do rebanho de 275 animais, é da raça holandesa. O restante do plantel é de gado Pardo Suíço. Bronkhorst viu no Pardo potencial para melhorar a sua produção de leite. "Dócil, tem longevitude, é resistente inclusive as temperaturas e se adapta bem até ao calor", diz.

Por ser uma raça mais rústica, ela exige menos cuidados. O animal quase não fica doente e permanece mais anos em lactação. Na questão da quantidade de litros de leite, o Pardo Suíço produz quase a mesma quantidade que a vaca holandesa. A diferença é que o leite do pardo tem um teor maior de gordura e de proteína. E por isso o produtor recebe uma bonificação da indústria. "É uma raça que quem trabalha gosta muito. Eu vejo várias vantagens", comenta o veterinário Nilton Vieira.

O Paraná tem 25 produtores de Pardo Suíço, somando aproximadamente 8,7 mil animais. O estado é o maior produtor com 22% do total do rebanho brasileiro, seguido de Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Data de Publicação: 26/11/2015 às 13:15hs
Fonte: G1
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/pecuaristas-dos-campos-gerais-apostam-na-raca-pardo-suico-137721

Voltar