Cavalos de pelagem manchada crescem no cenário de exposições

A quinta Exposição Nacional de Tobianos, Oveiros e Bragados que ocorrerá durante o Mancha Crioula, em fevereiro próximo, deve se confirmar como a maior edição da história do evento. O crescimento vem sendo identificado ano a ano e a expectativa da Trajano Silva Remates, organizadora do evento, é positiva principalmente em relação à mudança para o parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), uma região Central, de fácil acesso a todos, e grande palco da raça Crioula. As novas instalações construídas no local pela Associação Brasileira de Cavalos Crioulos (ABCCC), também geram otimismo para os resultados de toda a programação do Mancha Crioula.



A quinta Exposição Nacional de Tobianos, Oveiros e Bragados que ocorrerá durante o Mancha Crioula, em fevereiro próximo, deve se confirmar como a maior edição da história do evento. O crescimento vem sendo identificado ano a ano e a expectativa da Trajano Silva Remates, organizadora do evento, é positiva principalmente em relação à mudança para o parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), uma região Central, de fácil acesso a todos, e grande palco da raça Crioula. As novas instalações construídas no local pela Associação Brasileira de Cavalos Crioulos (ABCCC), também geram otimismo para os resultados de toda a programação do Mancha Crioula.

O diretor da Trajano Silva Remates, Gonçalo Silva, afirma que o mercado está aquecido e isso é demonstrado pelo crescimento na manada da raça Crioula de 6,4% em 2015. Ressalta que o cavalo manchado tem uma aceitação muito boa também porque realmente é difícil ter uma grande concentração de animais com essa pelagem. “Eles atraem muita gente, não apenas criadores de cavalo Crioulo, por serem muito bonitos. Então criadores de diversas raças vêm olhar. Acho que esse ano teremos um belo acréscimo relacionado às vendas,” acredita o dirigente.

O julgamento da Exposição Morfológica estará à cargo de Carlos Loureiro de Souza. Segundo o jurado para este ano a expectativa é de crescimento do evento com a inclusão da prova funcional. Explica que a exposição é um marco para a adesão dos pêlos bonitos no cenário atual da raça, assim como para a inclusão de novos criadores. “Isto se deve ao evento ser tão chamativo para os leigos”, explica.

Quanto ao espaço no mercado, Souza entende que os manchados estão correndo em igualdade com os demais. Afirma que eles vêm tendo destaque na maior diversidade de provas em função da beleza da pelagem que chama muito a atenção. “Um exemplo disso, foi o credenciamento ao Freio de Ouro 2016, ocorrido em Lavras do Sul, no último final de semana, de um oveiro rosado, o Faceiro da Mangueira Velha, montado por Fagner Espindola”, destaca Souza.

A Exposição Morfológica acontece no dia 19 de fevereiro e as inscrições estão abertas até o próximo dia 5 de fevereiro. Mais informações sobre a programação do Mancha Crioula podem ser conferidas no site da Trajano Silva Remates www.trajanosilva.com.br.

Agrolink com informações de assessoria
http://agrolink.com.br/saudeanimal/noticia/cavalos-de-pelagem-manchada-crescem-no-cenario-de-exposicoes_346465.html

Voltar