Frango: Cotações do vivo e da carne caem na primeira quinzena

Na parcial de abril (até o dia 14), nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, os preços médios da carne congelada caíram 5,9% e 6.1% e da resfriada, 7.1% e 8.1%, respectivamente, frente à primeira quinzena de março/16

Os preços do frango vivo, resfriado e congelado caíram na parcial deste mês e, na maioria dos estados, são os menores do ano (em termos nominais). Mesmo com as exportações recordes de carne de frango in natura no primeiro trimestre, a oferta doméstica ainda supera a demanda – que segue reduzida não apenas no atacado e varejo, mas também no mercado spot do animal vivo.

Na parcial de abril (até o dia 14), nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, os preços médios da carne congelada caíram 5,9% e 6.1% e da resfriada, 7.1% e 8.1%, respectivamente, frente à primeira quinzena de março/16. Quanto ao animal vivo, na média das praças paulistas, houve queda de 1,8% na mesma comparação.
CEPEA

Data de Publicação: 18/04/2016 às 12:10hs
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/frango-cotacoes-do-vivo-e-da-carne-caem-na-primeira-quinzena-143159

Voltar