Angus lança projeto Touro Registrado

A Associação Brasileira de Angus inicia um novo projeto de valorização da raça.

A campanha Touro Angus Registrado começa oficialmente na Expointer 2016 com o objetivo de esclarecer os pecuaristas brasileiros sobre as vantagens que o uso de animais registrados traz ao rebanho. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Angus, José Roberto Pires Weber, o movimento foi uma demanda dos próprios criadores uma vez que, com o avanço tecnológico, é inadmissível que ainda se trabalhe com animais sem procedência.

As ações terão início com um estudo de mercado para compreender o que leva o pecuarista a adquirir animais sem registro. O estudo já foi encomendado pela Angus e será realizado pelo Nespro. Em paralelo, a Angus prepara um circuito de palestras nas diferentes praças para orientar os criadores sobre as vantagens do registro e de trabalhar com animais que integram programas de melhoramento genético. Uma campanha de marketing focada nas praças do Interior fortalecerá as ações.

Porque usar Touro Angus registrado:

Touro registrado tem origem genética certa e provém de animais geneticamente superiores.
O registro é a certeza que o reprodutor dará origem a um rebanho genuinamente Angus, produzindo descendentes que exprimam tudo aquilo que o investidor e o mercado desejam desse animal.
Significa que o animal passou pelo crivo do corpo técnico da Associação Brasileira de Angus.
Touro Registrado é sinônimo de novilhos até 20% mais valorizados, de animais carniceiros, e de um rebanho uniforme.
Usar touro Angus registrado é o caminho para maior produtividade carniceira. Os pecuaristas que alcançam os maiores escores de bonificação no programa Carne Angus Certificada são os mesmos que não abrem mão de usar o Touro Angus registrado.
Um touro registrado tem condições de perpetuar sua genética no rebanho. Além de gerar filhos igualmente superiores, pode ter suas qualidades perpetuadas quando o criador retiver as fêmeas como ventres de reposição. Ou seja, o Touro Angus Registrado valoriza o plantel.
Touro registrado já é bom. Touro dupla marca (PP ou CACA) é melhor ainda, pois significa que ele está na faixa dos 40% superiores da sua geração.
Touro registrado é a garantia de que esse animal atingiu o peso e a circunferência escrotal condizentes com a idade porque ele só recebe o registro com a conferência desses dados. Peso indica capacidade de produção de carne, circunferência escrotal está relacionada à fertilidade e capacidade de cobertura.

Expointer 2016: Concurso Rústico Individual é novidade

A Expointer 2016 terá novidade nas pistas de julgamento da raça Angus. A principal delas será a avaliação individualizada de animais rústicos. Adotada em caráter experimental em 2016, a disputa visa viabilizar a participação de criadores que dispõe de animais de ponta, mas não têm condições de formar um trio. As inscrições para exemplares rústicos para a Expointer segue aberta. No caso dos trios, o cadastramento é realizado diretamente no site da Angus com ologin e senha do criador. Para rústicos individuais, a inscrição deve ser feita por meio do e-mailfomento@angus.org.br, informando o HBB e tatuagem.A nova disputa integra a agenda da 10º edição da Exposição Nacional de Rústicos, marcada para o dia 29 de agosto, em Esteio. Os animais serão avaliados pelo crivo do jurado Mauricio Groppo, que também realizará o julgamento dos animais de argola nos dias 30 e 31 de agosto.

Comissão Jovem

Antes mesmo da Expointer 2016 começar, a Angus já promete novidades. Na véspera da abertura dos portões (sexta-feira, 26/8), a associação promoverá o primeiro encontro de sua recém-criada Comissão Jovem no Parque de Exposições Assis Brasil. A expectativa é reunir os jovens que se inscreveram nos últimos meses para integrar o grupo. No evento em Esteio,membros das comissões jovens da associação de criadores de Angus do Uruguai e da Argentina falarão sobre a experiência nos países vizinhos.

Inscrições de Argola

A raça Angus recebeu 167 inscrições de animais de argola para a Expointer de 2016. O número representa queda de 5% em relação aos 176 cadastrados para a feira de 2015. Segundo o presidente da Angus, José Roberto Pires Weber, este é um movimento normal e que vem sendo verificado em todas as feiras agropecuárias mundo afora. “Trazer animais para as exposições está cada vez mais caro. O que os criatórios estão fazendo é aprimorando a seleção, inscrevendo apenas os exemplares de ponta, aqueles que realmente têm condições de levar títulos no campeonato”, frisou. A participação da raça deve ter incremento com a adesão dogado rústico. A previsão é contar com mais 100 exemplares.

Negócios

Depois de um crescimento de 54% nos negócios em 2015, a Angus espera manter a movimentação na Expointer de 2016. Weber acredita que, em tempos de dificuldades econômicas, assegurar o mesmo resultado de 2015, quando a raça movimentou R$ 2 milhões, já é um excelente resultado. A Feira de Novilhas, agendada para dia 1/9 às 18h, deve ser um dos pontos altos, com expectativa de mais de 80% de oferta Angus. Em 2015, a raça respondeu por 75% da movimentação da feira (R$ 1,12 milhão de R$ 1,5 milhão). O investimento na raça, garanteWeber, está alicerçado na excelente colocação da Carne Angus Brasileira, um produto de alto valor agregado que vem conquistando novos consumidores mundo afora. “Só nos primeiros seis meses de 2016, os abates do Carne Angus aumentaram 38%. A raça vem apresentando escores fantásticos. Somos responsáveis por mais de metade das vendas de sêmen do país. Isso é uma marca histórica e que coloca a Angus muito à frente de todas as outras taurinas”, pondera.Durante a Expointer, a carne Angus deve ser uma das atrações da já tradicional Vitrine da Carne, com programação da raça nos dias 27, 28 e 29 de agosto e 3 de setembro.

Workshop

Para aprimorar o debate técnico em relação à seleção da raça, a Angus promoverá, no dia 1º de setembro, o workshop “Angus: genética para carne de qualidade”. A expectativa é reunir diferentes elos da cadeia produtiva para debater as novas exigências que se impõem à criação de gado pelo mercado e as novas demandas da indústria frigorífica.

Data de Publicação: 09/08/2016 às 07:30hs
Fonte: Jardine Comunicação Touro
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/angus-lanca-projeto-touro-registrado-148084

Voltar