Mais de 99% do rebanho de bovinos até 24 meses foram vacinados na etapa de maio

Desde 2007, as etapas de maio da campanha de vacinação têm alcançado índices superiores a 99%

A bovinocultura é um dos principais destaques do agronegócio, o rebanho bovino proporciona o desenvolvimento de dois segmentos lucrativos, as cadeias produtivas da carne e do leite. E para preservar e fortalecer esse cenário a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) trabalha a conscientização dos produtores rurais quanto à importância do seu papel na prevenção à febre aftosa.

Desde 2007, as etapas de maio da campanha de vacinação têm alcançado índices superiores a 99%. Resultado da parceria entre o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), a Famato, o Fundo Emergencial de Saúde Animal (Fesa) e outras entidades ligadas ao setor. Em maio deste ano, a cobertura vacinal em Mato Grosso foi de 99,4% do rebanho com idade até dois anos, totalizando 12.147.117 de animais vacinados.

Nessa etapa foi obrigatória a vacinação de bovinos e bubalinos com até 24 meses em todos os municípios do estado, exceto propriedades localizadas no baixo pantanal mato-grossense. Foram realizadas vacinações oficiais em 2.909 propriedades rurais. Os animais foram vistoriados nos currais para verificação da sanidade do rebanho.

Em janeiro, Mato Grosso completou 20 anos sem registro de focos de febre aftosa. O estado é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação. “Este resultado mostra a conscientização dos produtores rurais sobre a importância de vacinar”, disse o analista de pecuária da Famato, Marcos de Carvalho.

Além dos trabalhos de divulgação e acompanhamentos das campanhas de vacinação, a Famato protocolou no dia 6 de maio, no Indea-MT, uma solicitação de inversão das etapas de vacinação contra a febre aftosa. A Famato entende que a vacinação de todos os bovinos e bubalinos devem ser realizadas no mês de maio e a vacinação dos animais de 0 a 24 meses em novembro, ou seja, o inverso do que vem ocorrendo atualmente.

A recomendação foi aceita pelo Indea-MT e encaminhada para o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa). O protocolo de alteração do calendário de vacinação deve ser assinado pelo Ministro Blairo Maggi, sexta-feira (12), durante a 44º Exposul em Rondonópolis.

A Famato, entidade de classe que representa 90 Sindicatos Rurais de Mato Grosso, completou 50 anos no dia 16 de dezembro de 2015. Ao longo dessas cinco décadas levantou diversas bandeiras em prol do produtor. Lidera o Sistema Famato, composto pela Famato, Sindicatos Rurais, Senar-MT e o Imea. Essa trajetória é celebrada graças ao trabalho dos produtores rurais e dos colaboradores.

Data de Publicação: 12/08/2016 às 18:10hs
Fonte: Famato - Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/mais-de-99-do-rebanho-de-bovinos-ate-24-meses-foram-vacinados-na-etapa-de-maio-148352

Voltar