Margens de comercialização melhores possibilitam pagamentos maiores pela arroba do boi gordo

A semana passada foi marcada pela valorização da carne com osso e sem osso no mercado atacadista

A recuperação de margem das indústrias, que travava o mercado até agora em 2016, ocorreu. O espaço que os compradores precisavam para poder pagar mais pela arroba, surgiu.

Mas, ainda assim, mesmo com a oferta limitada de boiadas e com a carne subindo forte, 14,0% em quinze dias para as peças com osso e ao redor de 5,0% para os cortes sem osso, os frigoríficos resistem em pagar preços melhores para a arroba.

Em resumo, o mercado do boi gordo vem andando de lado na maioria das regiões pesquisadas pela Scot Consultoria. Porém, espaços para queda nos preços estão cada vez menores.

Há quem siga ofertando até R$148,00/@ à vista em São Paulo, por exemplo, mas o sucesso nas compras é reduzido. As escalas não evoluem nestes preços.

A expectativa para a próxima semana segue sendo o comportamento dos preços da carne, fator que mais tem influenciado o mercado do boi gordo este ano.

Data de Publicação: 14/09/2016 às 09:15hs
Fonte: Scot Consultoria
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/oferta-restrita-de-boiadas-e-valorizacao-da-carne-no-atacado-colaboram-com-mercado-mais-firme-149672

Voltar