Bovinos geram mais carne e são abatidos mais jovens em Mato Grosso, aponta instituto

Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea)

Atualmente, o bovino mato-grossense gera em média 17,07% mais carne do que gerava há 10 anos. Além do maior peso, têm-se abatido bovinos mais jovens, já que, em 2006, animais com mais de 36 meses representavam 65,73% do total abatido, em 2016, esse número é de apenas 38,76%. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Segundo os especialistas, a sinalização de menor tempo para abater e maior geração de carne por animal aponta um produtor que vem se adequando aos anseios, e buscando maior rentabilidade na sua propriedade. “A melhora no manejo e o melhor aproveitamento do hectare são apontamentos feitos recorrentemente pelos agentes de mercado da bovinocultura de corte mato-grossense, visto que a entrada de uma agricultura com bons retornos e alta tecnologia empregada pressionou o pecuarista mato-grossense nos últimos anos. Os que permaneceram na atividade deram as respostas com números”.

Data de Publicação: 24/10/2016 às 16:30hs
Fonte: Só Notícias/Agronotícias
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/bovinos-geram-mais-carne-e-sao-abatidos-mais-jovens-em-mato-grosso-aponta-instituto-151273

Voltar