Gestão do tempo: como aumentar produtividade e reduzir custos na produção de leite

Relatório do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae dá passo a passo a fazendeiros para implementar processos e planejamento de médio e longo prazo.

Um dos aspectos que impactam diretamente na produtividade é o tempo, indicador fundamental para aferir a performance do processo. Na produção de leite, alguns fazendeiros não fazem um planejamento de médio e longo prazo e com isso deixam de controlar adequadamente seus recursos. Além da gestão do tempo, a falta de informações e indicadores não permite que o empresário veja com clareza as possíveis falhas ou dificuldades e muito menos elaborar um plano de melhoria para a produção.

Para orientar os pequenos produtores de leite do país, o Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae elaborou em seu boletim de tendências um passo a passo para implementação de processos de gestão e controle da informação e assim elevar a produção a níveis mais altos de competitividade. O primeiro passo é reunir sua equipe de trabalho e desenhar, em conjunto, os processos de produção de leite. Este momento costuma ser trabalhoso, mas muitas pessoas já conseguem nesta primeira etapa compreender e executar melhorias em suas atividades.

O passo seguinte é fazer o registro de informações sobre o funcionamento da produção leiteira. O papel do proprietário aqui é novamente fundamental, envolvendo os colaboradores para a detecção de dados que sejam relevantes para a tomada de decisão. Com os processos definidos e as informações à disposição, é hora de estabelecer metas (mas sempre cuidar para que essa diminuição do tempo de produção não comprometa a qualidade do leite) e cuidar da comunicação com os funcionários, treinando-os e ouvindo sugestões que possam aumentar a eficiência dos processos. Com isso ajustado, é possível buscar no mercado novas tecnologias que auxiliam a gestão no campo - há uma série de softwares que proporcionam uma visão mais ampla do negócio.

Cuidados especiais na logística - Além de produzir bem e no menor tempo possível, é importante lembrar que o leite é um produto perecível e de difícil armazenamento. Por isso, é fundamental que o produtor fique atento a outros aspectos que incidem na eficiência da gestão como o transporte (onde o tempo é fator primordial, devido ao ciclo de vida do produto) e a compra de insumos, uma das maiores despesas na fazenda, que tem impacto direto na qualidade do leite.

Data de Publicação: 17/11/2016 às 16:45hs
Fonte: Dialetto
http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/gestao-do-tempo-como-aumentar-produtividade-e-reduzir-custos-na-producao-de-leite-152216

Voltar