Comitê técnico do Montana autoriza nova opção de pelagem para a raça: o Black Montana

Os selecionadores do composto tropical Montana têm, agora, uma nova opção de pelagem para os touros: a preta, que passa a identificar o Black Montana. A decisão já foi oficializada pelo Comitê Técnico do Programa Montana

O Montana é tradicionalmente conhecido pela pelagem vermelha, passando por vários tons, variando do creme ao cereja. Manchas brancas e pretas em pequenas quantidades são aceitas. A abertura para o preto completo é um pedido antigo dos criadores, que abre uma nova oportunidade comercial.

Há uma questão técnica muito importante por trás dessa decisão. "Para a formação do Montana, além do Nelore, sempre optamos pelo uso de raças predominantemente vermelhas. Com a abertura para comercialização de touros pretos, podemos incorporar raças de pelagem preta ao programa, aumentando ainda mais a variabilidade genética e opções de linhagens”, explica Gabriela Giacomini, gerente de operações do Programa Montana, ressaltando que sempre foram aceitas vacas com pelagens variadas nos rebanhos Montana, mas os tourinhos pretos não podiam ser comercializados, independentemente de sua avaliação genética, apenas por padrão racial.

“O Programa Montana decidiu quebrar mais esse paradigma de padrão racial rígido e passar a comercializar essa nova opção de pelagem desde que os animais atendam às mesmas regras de qualidades genéticas e de adaptação”, complementa Gabriela.

Todos os touros Montana comercializados são geneticamente avaliados, inspecionados individualmente e possuem o CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção), emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para os TOP 26,5% de cada safra.

Para saber mais, acesse www.compostomontana.com.br ou mande um email para faleconosco@compostomontana.com.br.

Data de Publicação: 03/05/2017 às 17:30hs
Fonte: TEXTO COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Voltar