Dia de Campo discute Manejo Reprodutivo de Fêmeas Nelore em Mato Grosso do Sul

Com 30 anos de seleção, Genética Aditiva divulga resultados em programas de melhoramento genético e compartilha a experiência na seleção de fêmeas focadas na precocidade sexual

A Genética Aditiva – empresa com 30 anos de seleção e especializada em técnicas de melhoramento genético – realiza no dia 3 de junho o 14° Dia de Campo Genética Aditiva na Fazenda Canaã, em Terenos, Mato Grosso do Sul. O encontro, direcionado aos produtores rurais, pesquisadores e técnicos, pretende apresentar as últimas ferramentas de manejo e seleção necessárias em tempos tão desafiadores na pecuária de corte.

O encontro começa com o Gerente de Programas Especiais de Corte da central Alta Genetics, Manoel Francisco de Sá Filho, que vai apresentar o melhor manejo reprodutivo para novilhas Nelore precoces, além de dar dicas de como organizar o programa de melhoramento genético da fazenda para colher bons resultados.

Em seguida, a zootecnista Roberta Gestal vai falar sobre os mitos e as verdades nos programas de melhoria genética. Já o gerente de Mercado da Alta Genetics, Tiago Carrara, apresenta qual o futuro da genética no Brasil, com a palestra “Mercado de Genética: onde estamos e para onde vamos”.

O técnico da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), Horácio Ferreira Neto, apresentará os resultados da fazenda Genética Aditiva no Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), assunto abordado também, na sequência, por Henrique Torres Ventura, Sup. Adjunto de Melhoramento Genético da ABCZ. O desempenho poderá ser conferido in loco com a apresentação dos animais da Genética Aditiva, como touros e doadoras nelore super precoces.

Para participar deste encontro, basta fazer a doação de 1 quilo de alimento não perecível. Toda arrecadação vai ser revertida para o Asilo São João Bosco, localizado em Campo Grande (MS).

O evento será transmitido ao vivo pelo Canal do Boi.

Sobre a Genética Aditiva - Com mais de 30 anos de seleção, a Genética Aditiva Agropecuária possui um rebanho com mais de 6 mil cabeças da raça Nelore, sendo cerca de 3 mil matrizes em reprodução. Com três fazendas em Mato Grosso do Sul, também é tradicional criador de Gir Leiteiro, Girolando e Cavalo Crioulo. Pioneira na adoção de técnicas modernas voltadas ao melhoramento genético, foi um dos primeiros criatórios a desenvolver programas focados em precocidade sexual. Desde então, a propriedade tem conseguido o parto das fêmeas entre 20° e o 23° mês, com taxa de prenhes de 85% na segunda cria.

Site: www.geneticaaditiva.com.br
Data de Publicação: 30/05/2017 às 15:00hs
Fonte: Grupo Publique

Voltar