Perde ritmo a redução no custo de produção do frango

O custo de produção do frango segue decrescente. Mas agora a um ritmo mais lento que o observado nos quatro primeiros meses do ano

Entre janeiro e abril de 2017, o custo recuou à razão de 3,5% ao mês. Já em maio esse índice caiu para menos de 2%. Em junho último, de acordo com o levantamento da Embrapa Suínos e Aves, a redução mensal não chegou a meio por cento.

De toda forma, o valor levantado – custo de R$2,30 por quilograma de frango vivo produzido (base: aviário com climatização positiva no estado do Paraná) – significou redução de 26,52% sobre o custo vigente em junho de 2016, ocasião em que foi registrado o mais elevado custo de toda a história do setor.

Na média do primeiro semestre, o custo levantado – R$2,42/kg – ficou 17,11% aquém do que foi registrado no mesmo semestre de 2016, ao mesmo tempo em que permanece 8,17% acima da média observada no primeiro semestre de 2015.
Data de Publicação: 19/07/2017 às 09:20hs
Fonte: AviSite

Voltar