Avicultura paraguaia: exportações crescem e produtores se adaptam ao mercado

O setor enfrenta o desafio de deixar a utilização de antibióticos para promover crescimento

O Paraguai, além de ser referência na exportação de carne bovina, agora também se destaca na avicultura, um setor de alta exigência dos mercados externos no qual os produtores investiram em tecnologia e soluções naturais. O setor enfrenta o desafio de deixar a utilização de antibióticos para promover crescimento.

O volume de embarques dos produtos avícolas aumentou em 300% no primeiro quadrimestre de 2017 em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo boletim do Serviço Nacional de Qualidade e Sanidade Animal (Senacsa) do Paraguai. De janeiro a abril foram exportadas 1.050,5 toneladas de carne e outros produtos avícolas, em relação às 262,8 toneladas embarcadas em 2017.

As condições do país contribuem com o produto, principalmente porque o Paraguai possui uma boa produção de grãos.

Os países importadores exigem a produção natural. Agora, o Paraguai também tem um desafio nesse sentido. Produtores e empresas paraguaias já apostam na utilização de novas tecnologias e soluções naturais para otimizar a produção.
Data de Publicação: 21/07/2017 às 17:00hs
Fonte: TodoElCampo

Voltar