Redução de oferta causa aumento no preço da arroba do boi gordo em MS

Cotação registrou alta de mais de 20% no período de um mês no estado. Mas, nem todos os pecuaristas têm conseguindo aproveitar o bom momento.

O preço do boi segue registrando alta. A redução da oferta é uma das razões para o aumento na cotação da arroba apontadas por pecuaristas do Mato Grosso do Sul.

O pecuarista Bernardo Baís faz engorda de bovinos das raças nelore e angus em Campo Grande, na região central do estado. O criador percebeu a diferença no preço da arroba no último lote que negociou com o frigorífico.

“A gente teve um aumento na oferta por parte dos frigoríficos de aproximadamente 20% por conta do atual cenário do mercado da falta de boi. A gente teve preço praticado de até R$ 115,00 na arroba do boi. E até o último fechamento a gente estava com oferta de R$ 138,00”, diz Baís.

O produtor Leonel Velasco tinha desistido de confinar animas este ano. Com a reação do mercado, o criador mudou de estratégia e resolveu apostar na engorda.

Apesar dos preços mais atrativos, nem todos os pecuaristas têm conseguindo aproveitar o bom momento no mercado. A atividade passa por um período de entressafra, quando há redução do número de animais criados a pasto o e gado em confinamento ainda não está pronto para o abate.

No frigorífico em Rochedo, o número de abates caiu 10% entre os meses de agosto e setembro. A redução refletiu nos preços. “No começo de agosto até hoje já subiu 22%. Então, nós saímos de um preço o mais baixo do ano, de R$114,00 a R$114,50, para em um período de 40 dias chega a R$ 140,00. É um aumento bem expressivo em muito pouco tempo”, explica Sérgio Capuci, dono do frigorifico.
Data de Publicação: 19/09/2017 às 19:10hs
Fonte: Globo Rural

Voltar